Matriarca da Décima Terceira Lunação

Lua Azul, aquela que se torna a visão

Matriarca da Décima Terceira Lunação

Matriarca da Décima Terceira Lunação

 

Décima Terceira Lunação

A Lua Azul

O que é Lua Azul?
Chama-se Lua Azul a segunda lua cheia num mesmo mês do calendário gregoriano ou a Lua Cheia do décimo terceiro ciclo de lunação, fechando o ano solar.
Lua Azul é regida pela Matriarca da 13 Lunação.

Ela é “aquela que se torna a visão”, a guardiã de todos os ciclos de transformação, a mãe das mudanças. Esta Matriarca nos ensina a importância de seguir nosso caminho sem nos deixar desviar por ilusões que possam vir a interferir em nossas visões. Cada vez que nos transformamos, realizando nossas visões, uma nova pespectiva e compreensão se abre, permitindo-nos alcançar outro nível na eterna espiral da evolução do espírito. A última visão a ser alcançada é a decisão de simplesmente SER. Sendo tudo e sendo nada, eliminamos os rótulos e definições que limitam nossa plenitude.

“Com o surgimento do calendário Juliano, no início do cristianismo, o culto à Lua Azul passou a ser reprimido por ser considerado uma exacerbação da simbologia lunar, do poder feminino e do culto às Deusas, assuntos perseguidos e proibidos. Mesmo assim, permaneceu sua aura romântica e poética e a Lua Azul passou a ser associada à crença de que era propícia ao romance e ao encontro de parceiros. Surgiu o termo inglês blue moon, significando algo muito raro, impossível, dando origem a inúmeras músicas e poemas melancólicos ou esperançosos”.

 

Autoria Mirella Faur

Matriarca da Décima Segunda Lunação

Aquela que agradece as dádivas

Matriarca da Décima Segunda Lunação

Matriarca da Décima Segunda Lunação

Décima Segunda Lunação
Plenilúnio em Gêmeos
Lua dos Dias Sagrados
(Sol em Sagitário)

E “Aquela que agradece as dadivas”, que nos ensina a agradecer por tudo que recebemos na vida, abrindo, assim, espaço para a futura abundancia. Não importam quais sejam as dificuldades ou desafios que enfrentamos, devemos agradecer por essas oportunidades que nos permitem desenvolver e revelar nossa força interior. Como a “Mãe da Abundancia”, ela nos mostra o valor do dar para receber.
Esta Lua inspira a receber e a transmitir conhecimentos ancestrais, para meditar nos próprios dons, enxergar a vida com mais clareza. Permita que esta energia do Universo venha energizar os seus dons e assim poderá ter acesso, como um aparelho dos grandes poderes do Universo.

Esta Lua convida para um tempo de descanso e renovação. Ela não permite transparecer as emoções, mas sinaliza para interiorizar e descansar. Refletir as ações do passado, preparando-se para o futuro. Os nascidos nesta lua devem prevenir-se para não ficarem bloqueados, perfeccionistas e para arrumar tempo para lazer. Ela pede para ser adaptável, flexível, prudente, correto na conduta.

Para trabalhar a concentração, pois pode gerar dispersão. Para trabalhar a comunicação consigo mesmo, o auto conhecimento, buscar o Eu Superior. Favorece a comunicação, o bom uso da palavra, energia para adatar-se às mais diversas situações.
Saber também a hora certa de calar, de ouvir e de falar.

Para curar as más palavras que usamos contra nós mesmo, as limitações que nos impomos através da palavra. Trabalhar as afirmações positivas e curar suas programações negativas através delas. Para que façamos um balanço entre aquilo que falamos com aquilo que o nosso coração realmente sente. Sabermos honrar os compromissos feitos através da nossa palavra, da nossa comunicação.

 

Autoria Mirella Faur

Matriarca da Décima Primeira Lunação

Aquela que anda com firmeza

Matriarca da Décima Primeira Lunação

Matriarca da Décima Primeira Lunação

Décima Primeira Lunação
Plenilúnio em Touro
Lua Escura das Folhas que Caem
(Sol em Escorpião)

E “Aquela que anda com firmeza”, a Mãe da inovação e da perseverança. Ela nos ensina o uso adequado da vontade e do poder para modificar as circunstancias da vida pela ação pessoal, sem depender dos outros para agir, afirmando nossa auto-estima e auto-suficiência.Esta lua, tem a dádiva de inspirar um mensageiro para os aspectos espirituais da vida. A adaptabilidade e a capacidade de viajar em silêncio em lugares de maiores medos.

Para aprender a focalizar as energias, a ser mais sensível a elas e a desenvolver habilidades de cura .
Esta Lua ensina sobre a força de transformar o seu mais íntimo ser, trazendo todas as lições que se tenha aprendido. Ensina sobre a extensão da própria energia, habilidade para criar mudanças, curiosidade, desejo de verdade, adaptabilidade, paciência, tenacidade, ambição , poder e a deixar nossa marca bem penetrante.

 

Autoria Mirella Faur

Matriarca da Décima Lunação

Aquela que tece a teia – Décima Lunação

Matriarca da Décima Lunação

Matriarca da Décima Lunação

Décima Lunação
Plenilúnio em Áries
Lua do Vôo
(Sol em Libra)

E “Aquela que tece a teia”, a guardiã da força criativa que nos ensina a desenvolver nossas habilidades, destruindo as limitações, saindo da estagnação e materializando nossos sonhos. Nossa criatividade é determinada por nossa capacidade de sonhar e usar nossa imaginação
Esta lua, tem a dádiva do equilíbrio e da harmonia, e de como entender as mensagens de seu coração, através de sua introspecção e força. Para aprender realmente o que é equilíbrio, mesmo que necessite sentir desconforto para fazer isso.

Esta lua ensina sobre os paradoxos da própria vida, de uma maneira mais direta e intensa, pela própria experimentação. Ensina a mostrar a afeição física e como se sentir confortável, tanto no Céu como na Terra, e a compreensão dos relacionamentos com grupos.

Energia propícia de avaliação, equilíbrio, harmonia, descoberta e libertação.

 

Autoria Mirella Faur

Matriarca da Sétima Lunação

Aquela que ama todas as coisas – Sétima Lunação

Matriarca da Sétima Lunação

Matriarca da Sétima Lunação

Plenilúnio em Capricórnio
Lua da Luz Forte e da Benção
Sol em Câncer

É “Aquela que ama todas as coisas”, a guardiã do amor incondicional. Ela ensina o amor e a compaixão em todas as manifestações da vida. Amar o self sem restrições, quebrar os padrões impostos de dependências, ajudar a nossa criança a interior a aceitar e dar amor, curando as feridas do passado.

Esta lua tem a dádiva da intuição e inspira a ser amante da família. Para aprender sobre a importância das relações e a necessidade de um lar forte.

Esta Lua educa sobre a lei dos relacionamentos e sobre a família. Ela ensina sobre as necessidades de dar e receber amor. De seguir as próprias percepções e intuições, para aprender sobre o próprio sentido de segurança e encontrar uma direção espiritual que ajude a canalizar as energias da vida que sempre fluem através de todos nós.

 

Autoria Mirella Faur

Matriarca da Sexta Lunação

Sexta Lunação – Contadora de Histórias

Sexta Lunação - Contadora de Histórias

Sexta Lunação – Contadora de Histórias

Plenilúnio em Sagitário
Lua dos Cavalos
(Sol em Gêmeos)

E “A Contadora de Historias” que, por meio de seus contos, ensina o relacionamento correto com nossos irmãos de criação, como usar o humor para afastar os medos, como equilibrar o sagrado e o profano e preservar a tradição oral de nossos ancestrais. A Energia propícia recolhimento e equilíbrio dos instintos, direcionamentos das energias, centramento.
Esta lua traz a dádiva das habilidades de cura se aprender a desenvolve-la. Para adquirir habilidades em qualquer área que queira trabalhar, aprender sobre a própria beleza , dos outros e do meio ambiente.

Esta Lua ensina sobre as próprias habilidades, a serem mais sensitivo, mais veloz, e apreciar a beleza em todas as suas formas. Revela forças e as fraquezas que vem da energia vital.

Autoria Mirella Faur

Matriarca da Quinta Lunação

Quinta Lunação – Guardiã do Silêncio

Quinta Lunação - Guardiã do Silêncio

Quinta Lunação – Guardiã do Silêncio

Plenilúnio em Escorpião
Lua das Flores e do Retorno dos Sapos
(Sol em Touro)
E “Aquela que ouve”, a guardiã do silencio. Seu ensinamento é silenciar para ouvir as mensagens do nosso interior, da natureza, dos Mestres, do Criador Encontraremos, assim, a calma e a paz necessárias para avaliar, ordenar e transformar nossa vida
Esta lua tem a dádiva de poder tornar agradáveis os ambientes, de cada um se auto-sustentar e sustentar os outros: a estabilidade.

Esta lua a encoraja para ir além do plano material, a buscar qualquer iluminação espiritual que puder encontrar.
Ensina sobre perseverança, paciência, estabilidade e praticidade. Inspira a colocar a própria casa em ordem, para que possa ter um lugar tranqüilo e de contentamento.

Autoria Mirella Faur